O seguro desemprego é uma das garantias dada ao empregado de que terá benefícios mesmo que saia do emprego (caso de demissão). Vendo por esse ponto a carteira do trabalhador poderá não ter mais nenhum contrato, mas ele receberá um salário durante certa quantidade de tempo.

Além disso, durante esse período (geralmente de 3 a 5 meses) é possível que o empregado trabalhe com outros empregadores, desde que não seja de maneira formal, continuará a receber o benefício.

De toda forma, trabalhar no mercado atual é algo que pode ser um pouco complicado, já que vivemos em um momento de insatisfação e de insegurança, mas vamos deixar claro para você, trabalhador que foi demitido, como e porque terá direito ao seguro desemprego.

Quem tem direito ao seguro desemprego?

Para ter direito ao seguro desemprego é necessário ter sido dispensado de sua função sem justa causa.
É importante também que essa pessoa esteja desempregada durante todo o período de recebimento do benefício.

Esses são os dois pontos principais, não é nada muito complicado de ser seguido, porém pode acontecer de pequenos erros serem o suficiente para que não receba o valor.

Seguro Desemprego

Nesse campo de estar desempregado, por exemplo, só receberá quem realmente não tiver como continuar com seu padrão de vida durante aquele período sem emprego.

Apesar de muitas pessoas optarem por estar empregadas, esses 5 meses que pode receber o valor, acaba sendo um ponto de segurança, principalmente para não entrar em empresas com cargos que não deseja.

Em que momento posso solicitar o seguro?

A partir do 7º dia da demissão já poderá começar a dar entrada no processo. Lembrando também que após 120 dias não será mais possível receber.

Em outros casos só é possível chegar ao 90º dia antes de perder as parcelas. De toda forma, nesse momento é importante que fique atento ao dia em que foi demitido, para que não vá requerer o benefício antes da data ou depois dela. Tratando melhor disso, você sabe onde requerer o valor do seguro?

Onde solicitar?

Os órgãos para requerimento das parcelas são o SRTE, o SEPT ou o SINE. No entanto, atualmente pode fazer o processo de forma online também a partir do portal Gov.br.

Existe também o App, carteira de trabalho digital, que além de oferecer dados sobre a sua contratação, pode ajudar na hora de solicitar seguro e outros valores que tiver para receber.

Bem, com isso se tem as duas opções. É possível estar presencialmente no local, assim como fazer todo o processo a distância, que é o mais recomendado atualmente. De maneira geral as possibilidades são as comuns, o que torna mais prática as ações tomadas.

Quanto irei receber?

Para isto, deve-se basear também no salário que recebe, quanto maior ele for, menor serão as parcelas do seguro. É um processo que envolve um pouco de cálculos, assim como acontece com o FGTS, mas não é nada complicado e irá depender do valor que recebe em seu trabalho formal, porém, tudo pode acontecer de forma bem simples, sem complicações.

Seguro Desemprego

Para maiores detalhes pode ver um artigo ou tabela que se refira melhor a esse cálculo, mas, adiantando uma informação, esse valor não é igual para todos, nem em quantidade nem em tempo de recebimento!


Observando que na maior parte das vezes o recebimento do seguro desemprego acontece rapidamente após a demissão, o valor pode acabar passando despercebido.

É importante fazer o cálculo antes de receber, apesar de ser um programa do governo e dificilmente gera valores divergentes, ter segurança disto é algo muito interessante. Observe que o seguro desemprego mte é uma maneira simples de deixar o trabalhador mais tranquilo em caso de demissão.

Foi aplicado a muito tempo, porém não deve ser esquecido, porque representa para muitos uma solução, uma rota em que poderão passar alguns meses despreocupados para conseguir o trabalho que realmente deseja.

Apesar de muitas pessoas estarem partindo para o método informal de trabalho, existem muitos que ainda necessitam desse valor para sustentar a família se ele mesmo, então não é algo que deve ser retirado em muito tempo.

Author